Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal Académico
Ajuda

Portal Académico

Suplemento ao Diploma
Portal Académico > PT > Suplemento ao Diploma

 Suplemento ao Diploma

​A Comissão Europeia, o Conselho da Europa e a UNESCO/CEPES desenvolveram um modelo para o Suplemento ao Diploma tendo em vista promover a transparência e o reconhecimento das qualificações quer para fins académicos quer profissionais.

O Suplemento ao Diploma, que se enquadra nas recomendações da Declaração de Bolonha, torna-se num dos instrumentos primordiais para facilitar a mobilidade e a empregabilidade dos diplomados. A finalidade do Suplemento é fornecer dados independentes suficientes para promover a "transparência" internacional e um reconhecimento justo, académico e profissional, das qualificações (diplomas, graus, certificados, etc.). O Suplemento foi concebido como uma ferramenta para ser facilmente adaptável e permitir uma descrição o mais completa possível da natureza, nível, contexto, conteúdo e estatuto dos estudos efetuados e devidamente concluídos pelo indivíduo mencionado no diploma ou certificado original, ao qual o Suplemento é apenso.

A Universidade do Minho, reconhecendo a importância e valor acrescentado desta ferramenta para o aumento da competitividade global dos seus graduados, foi a primeira instituição de ensino superior em Portugal a emitir o Suplemento ao Diploma, com caráter experimental em 2001/2002 e em larga escala desde 2002/2003, e a ser acreditada pela Comissão Europeia com o Suplemento ao Diploma Label (2004). No ano letivo de 2005/2006, adaptou o Suplemento ao Diploma aos princípios reguladores dos instrumentos para a criação do Espaço Europeu de Ensino Superior aprovados pelo Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro.

Assim, todos os diplomados de 1º e 2º ciclos da Universidade do Minho recebem gratuitamente e de forma automática o Suplemento ao Diploma, nas suas versões portuguesa e inglesa, apenso ao respetivo diploma.

A Universidade do Minho garantiu, ainda, que o ponto 6.1 do Suplemento - Informações Complementares, incluísse um conjunto considerável de atividades paralelas academicamente validadas, incutindo uma maior abrangência e reconhecimento formal/institucional do percurso académico do graduado. Poderão ser incluídas até 5 atividades nesse ponto.

O que é?
Um suplemento do certificado de conclusão final emitido pela Instituição;
Um modelo criado pela Comissão Europeia, Conselho da Europa e UNESCO/CEPES;
Um instrumento facilitador da mobilidade com informações complementares sobre toda e qualquer qualificação, devendo ser produzido na língua original e noutra língua comunitária. Na Universidade do Minho optou-se pelo Inglês;
Uma fonte de informação precisa e de fácil leitura das qualificações individuais.

O que não é?
Não é um curriculum vitae;
Não é um substituto ou uma transcrição da qualificação original;
Não é um sistema automático que garanta o reconhecimento.

O que permite?
Promover a transparência no ensino superior;
Conceder reconhecimentos mais equitativos e mais justos;
Simplificar o processo de decisão relativamente ao reconhecimento académico e/ou profissional;
Enquadrar a qualificação no sistema de ensino de origem do diploma;
Fornecer informação sobre a instituição onde a qualificação foi obtida;
Utilizar uma terminologia facilmente legível, procurando ultrapassar as barreiras linguísticas;
Contribuir para uma melhor inserção no mercado de trabalho, aumentando a empregabilidade dos diplomados;
Contribuir para a criação de um espaço de ensino superior europeu.

Exemplos
Graduação (PT|EN)
Pós-Graduação (PT|EN)